Aplicativo da BVRio ajuda a evitar compra de madeira ilegal

Ao consultar o número de uma guia de transporte florestal, o interessado recebe a informação completa sobre aquele lote de madeira

02/12/2015

O Instituto BVRio lançou um aplicativo para que compradores de madeira possam verificar se estão comprando madeira legal ao passar o telefone sobre o código de barras da Guia Florestal apresentada.

O Sistema de Verificação da Legalidade da Madeira está disponível no website do iBVRio, na Apple Store e no Google Play. Seu uso vai permitir que construtoras, serrarias, fabricantes de móveis e atacadistas que compram madeira brasileira, verifiquem com rapidez e segurança se seus fornecedores estão vendendo madeira de origem legal. O novo sistema será particularmente útil para exportadores, que precisam se adequar às normas dos mercados americano (US Lacey Act) e europeu (EU Timber Regulation).

Baseado em análise de big data de um vasto banco de dados atualizado diariamente e de imagens de satélite de instituições como a Global Forest Watch, o Sistema de Verificação faz bilhões de cruzamentos de dados para detectar irregularidades e até a probabilidade de eventuais irregularidades ainda não descobertas por agências governamentais.  


O uso do Sistema de Verificação é um componente importante no processo de promoção da exploração responsável e sustentável da madeira brasileira, principal propósito da AMATA.

A transparência e credibilidade do sistema são fortalecidas por um Conselho Consultivo formado por organizações envolvidas na promoção do comércio de madeira legal como a primeira certificadora brasileira, Imaflora; a respeitada ONG paraense Imazon; o Instituto Centro de Vida do Mato Grosso; a ONG ambientalista WWF Brasil; a instituição de pesquisa global World Resources Institute (WRI) e a AMATA.

Saiba mais aqui.
 

Compartilhe

Outras redes sociais